Pages

dezembro 30, 2010

Feliz 2011 . . .

dezembro 25, 2010

Mensagem de Natal

É Natal e o que você fez ?

Enquanto estamos em nossa casas, confortaveis e satisfeitos, como estão as pessoas nas ruas, e nos abrigos sem conforto e com fome. Pense nisso, faça uma boa ação leve um pouco de amor e carinho a estas pessoas. As nossas crianças, inocentes, se esquecem do espirito de caridade e humildade. Devemos mostrar a elas que são nosso futuro que podemos acima de tudo, ser mais fieis a nossos principios e nossos sentimentos de Amor e Paz interior.

Pense, nisso! É Natal e o que você fez ?

DeMolay Paulo Oliveira, do Capítulo Vazante N. 634, atuando como Papai Noel, em Projeto Conjunto com a Pastoral da Criança.

dezembro 10, 2010

E Agora DeMolay?

E agora DeMolay?
o tempo passou,
a maioridade chegou,
a força sumiu,
a porta se fechou,
e agora, DeMolay?
e agora, Sênior DeMolay?
você que defende os princípios,
que lidera os outros,
você que faz os sermões,
que ama e se diverte,
e agora, DeMolay?

Está sem lugar,
está sem argumento,
está sem horas,
já não pode atuar,
já não pode votar,
a indecisão apareceu,
a luz não veio,
a escolha não veio,
o caminho não esta claro,
não veio o sonho,
e tudo se findou,
e todos se foram,
e tudo mudou,
e agora, DeMolay?

E agora, DeMolay?
Sua sabedoria,
Seu momento de glória,
seu sucesso,
seu fracasso,
seus pecados,
suas habilidades,
seus sentimentos,

seu anti-senso,
seu ego - e agora ?

Com uma escolha a frente,
os caminhos a seguir,
existem muitas opções,
quer ir além,
viver além,
mas não existe além,
falando nisso, não há mais além!
DeMolay, e agora?

Se você recomeçar,
se você gritar,
se você se exaltar,
se você mudar,
se você cansar,
se você morrer,
DeMolay, você não morre,
Você é eterno, DeMolay!

Sozinho, nas trevas
como cinzas ao leu,
sem medo,
sem parede de vidro,
sem restrição,
sem carruagem de ouro,
que anda como o vento,
Você corre, DeMolay!
DeMolay, para sempre.

Por Paulo Júnio de Lima